Cirurgia Plástica e Fisioterapia: O grande aliado



O Fisioterapeuta João Carneiro explica-nos os benefícios da fisioterapia antes e depois de uma intervenção de cirurgia plástica de forma a obter o melhor resultado funcional e estético. Assim, a fisioterapia tem um papel fundamental na facilitação de obtenção de melhores resultados e na diminuição de complicações a curto e longo prazo.



No pré operatório, a importância do papel do fisioterapeuta, traduz-se na preparação das zonas que vão ser intervencionadas, através da massagem e aplicação de calores, de forma a preparar os tecidos, tornando-os mais maleáveis, e melhorar a circulação sanguínea. Também no pós operatório é de grande relevância a ação do fisioterapeuta. Nesta fase, este tem como responsabilidade ajudar o paciente no aumento da amplitude e da força dos seus movimentos, facilitar a aceleração de uma correta cicatrização dos tecidos, reduzir as dores e complicações que possam ocorrer, de maneira a restaurar e manter as funções. Existem circunstâncias especiais em que o fisioterapeuta deve prestar um maior cuidado, concretamente:

  • Contraturas que ocorrem devido a cicatrizes e enxertos. O fisioterapeuta deve focar principalmente na diminuição e prevenção dessas contraturas;

  • Manutenção funcional em caso de imobilização de membros;

  • Restauração funcional diminuindo a rigidez nas diferentes partes do corpo pré e pós cirurgia;

  • Realização de exclusivos e diferenciados exercícios para manter o paciente interessado nestes longos procedimentos de tratamento. Os exercícios preferidos do paciente devem ser levados em consideração se forem adequados à sua situação.



Assim, torna-se clara a necessidade da atuação por parte de um fisioterapeuta no processo de reabilitação de cirurgia plástica, com objetivo de atingir melhores resultados.


Agende a sua avaliação na clínica BEST






71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo