miradry1_edited_edited.jpg

Hiperidrose - sudorese excessiva

A hiperidrose é um distúrbio muito frequente, que se caracteriza pela produção excessiva de suor, e com grande impacto na qualidade de vida, sobretudo nas situações de maior stress pessoal e profissional.

O que é a Hiperidrose?

A sudorese exagerada constitui uma condição médica chamada hiperidrose. A transpiração excessiva ocorre quando as glândulas sudoríparas ficam hiperactivas, além do necessário as necessidades fisiológicas. Pode afectar diversas áreas do corpo sendo mais frequente mas mãos, axilas, face e pés. Por vezes associa-se a odor desagradável, também chamada bromidrose.

A hiperidrose pode ser causa de constrangimento social, pois pode causar manchas na roupa e levar à ansiedade no trabalho e em situações sociais como a apresentação e discursos em público

MiraDryLogo.jpg

miraDry - a solução não invasiva para a hiperidrose axilar

O miraDry® é um procedimento não invasivo, sob anestesia local, para a sudorese excessiva axilar. É um procedimento inovador, realizado sob anestesia local,. sem necessidade de cirurgia e com resultados clinicamente comprovados.

O miraDry® funciona através de energia eletro-magnética precisamente administrada nas axilas, eliminando permanentemente as glândulas sudoríparas. Tem também efeito benéfico no mau odor axilar (bromidrose).

.
 

Os benefícios do MiraDry incluem:

    Seguro, eficaz e aprovado pela FDA

    Solução a longo prazo para a hiperhidrose axilar e mau odor (bromidrose)

   Tempo de tratamento curto

    90% dos casos apenas necessitam de uma única sessão

    Sem tempo de inactividade ou perda de dias de trabalho

    Pouco ou nenhum desconforto

    Não é necessária anestesia geral

    Sem cirurgia ou cicatrizes

    Termina a dependência de desodorizantes químicos e irritantes para a pele

Quem é um bom candidato para Miradry?
Homens ou mulheres adultos com bom estado geral de saúde que apresentem hiperidrose axilar que provoque constrangimento social ou profissional.

 

Como são os resultados para o Miradry?
Os resultados com Miradry são imediatos. Uma vez removidas as glândulas sudoríparas, elas não voltam a crescer. Assim, o suor excessivo nas axilas torna-se uma coisa do passado. Embora o Miradry seja eficaz após apenas uma sessão em 90% dos pacientes, os resultados variam de cliente para cliente e um segundo tratamento pode ser necessário em 10% dos casos.
 

Qual é o tempo de recuperação do Miradry?
A maioria dos utentes retorna ao trabalho e às actividades normais no mesmo dia ou no dia seguinte, embora exercícios vigorosos devam ser adiados por 1-3 dias. No dia seguinte ao procedimento, pode sentir algum desconforto. Pode também manter-se algum edema e inchaço nas axilas e desaparece dentro de 2-3 semanas, em média. Ocasionalmente, os utentes também referem adormecimento ou dormência nas axilas, mas esses sintomas também desaparecerão em poucas semanas. É recomenando a aplicação de gelo no local do tratamento e a toma de anti-inflamatório com o ibuprofeno

 


Haverá sudorese compensatória após o tratamento?
Não. Como as axilas contêm apenas 2% das glândulas sudoríparas totais do nosso corpo, após o tratamento, não há aumento na produção de suor em outras áreas do corpo. O controle natural da temperatura do corpo também não é afectado.

Que tratamentos existem?

O tratamento ideal da hiperhidrose vai depender de vários factores, nomeadamente a gravidade do caso, o impacto na qualidade de vida e da área corporal afectada. Na clínica BEST dispomos de uma ampla gama de tratamentos, de forma a personalizar o tratamento a cada caso. 

O tratamento poderá incluir botox axilar, ablação LASER, miraDry ou cirurgia de simpaticectomia toracoscópica. Na consulta de Hiperidrose será feita a avaliação médica para determinar qual o tratamento ideal para o seu caso.

 

Obrigado!

clinica2_blur.jpg

Equipa Médica - Hiperidrose

Dr. Vitor Ferreira   cv

Médico Especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular

Fellow of the European Board of Vascular Surgery

Dr. João Almeida Pinto   cv

Médico Especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular