top of page

Mesoterapia com Dutasterida no Tratamento da Alopécia Androgenética


O Dermatologista Dr. Joel Reis aborda o tratamento da mesoterapia com Dutasterida no tratamento da Alopécia Androgenética.






A mesoterapia é uma técnica minimamente invasiva na qual são administrados fármacos, neste caso a Dutasterida, através de microinjeções ao nível da derme e hipoderme onde se localiza o folículo piloso.


A Dutasterida, à semelhança da Finasterida, é um medicamento conhecido e amplamente usado por via oral no tratamento da Alopécia Androgenética. Ela impede a conversão da Testosterona em Dihidrotestosterona que é responsável pela Alopécia Androgenética. A mesoterapia permite que a dutasterida seja aplicada somente na área afectada pela alopécia, permitindo doses mais baixas e evitando os efeitos laterais da dutasterida. A aplicação do fármaco é feita pelo Dermatologista e realiza-se a cada 3 meses durante os primeiros 6 a 12 meses, sendo depois ajustada a frequência caso a caso.


Este tratamento destina-se a pacientes de ambos os géneros com o diagnóstico de alopécia androgenética e que:

  • Pretendem complementar o tratamento oral ou tópico já em curso;

  • Pretendem evitar ou têm receio dos efeitos laterais da dutasterida e finasterida oral;

  • Têm dificuldade em cumprir os tratamentos tópicos ou orais.

O tratamento é considerado seguro, mas à semelhança da administração por via oral, está contraindicado durante a gravidez e amamentação e em mulheres que pretendem engravidar nos 6 meses seguintes ao início do tratamento ou em caso de alergia. O diagnóstico correcto de alopécia androgenética é fundamental, pois não é adequado para o tratamento de outros tipos de alopécia, como a alopécia areata ou eflúvio telogénico.



Por isso, se apresenta queixas de perda de cabelo, consulte um dos nossos dermatologistas para explorar suas opções de tratamento e recuperar a confiança na sua aparência.

Comments


bottom of page